ABrasOFFA

Está com vagas abertas para Estagiários em diversas áreas. Possui Convênios com diversas Universidades da Baixada Santista, basta ligar para 13-3235-1122 e agendar um horário.

sábado, 21 de dezembro de 2013

COMISSÃO DE PAZ EM SANTOS, É ASSINADA EM ATO PÚBLICO

COMISSÃO DE PAZ EM SANTOS, É ASSINADA EM ATO PÚBLICO



O que é Cultura de Paz? Já nascemos violentos? ou adquirimos ao longo das nossas vidas?
São perguntas como estas que a entidade ABrasOFFA vem trabalhando ao longo dos anos , conforme as diretrizes da UNESCO, onde há uma necessidade imperativa de se construir uma nova visão de Paz.
A Paz é a ausência de expressões da violência, minimizar os conflitos e  transformá-los em verdadeiras negociações, ainda são as alternativas possíveis. Para isso, desde o ano de 1987 a ONG ABrasOFFA,  vem trabalhando na criação de Festivais Internacionais de Folclore no Brasil e no exterior, com o intuito de reunir diferentes grupos folclóricos espalhados pelo mundo e trabalhar as questões que envolvem a diversidade cultural de cada povo, com esta iniciativa a entidade tem trabalhado questões importantes como resgate cultural , ações voltadas para os jovens e intercâmbios com o intuito de disseminar a Cultura de paz e Não Violência entre os jovens.
Dentro do Programa de Ação pela Cultura de Paz das Nações Unidas, adotada em 1999 estão oito áreas de atuação e que merecem especial atenção, como: Cultura de Paz através da Educação; Economia Sustentável e Desenvolvimento Social; Compromisso com todos os direitos humanos; equidade entre os gêneros; participação democrática; compreensão-tolerância-solidariedade; comunicação participativa e livre fluxo de informações e conhecimento e Paz e Segurança Internacional.
Participante de alguns movimentos internacionais pela Paz, a entidade ABrasOFFA já obteve destaque junto a Organismos Internacionais,  como a Chancela da UNESCO em dois dos seus projetos:  a Rede de Jovens pela Cultura da Paz e o Festival Internacional de Folclore do Brasil e ainda a presença no Salão Internacional das Melhores Iniciativas pela Paz, realizado em Paris, onde no ano de 2006 e 2008 foi a única entidade brasileira convidada a participar com oficinas e palestras voltadas para divulgar os seus projetos.
Em agosto de 2009 a ABrasOFFA , realizou o I Congresso Mundial da Paz ,nas Américas, com o apoio do SENAC e da UNIP-Santos.
Vieram pessoas ligadas a Projetos pela Cultura de Paz e Não Violência de países como Espanha, Noruega, Áustria, Estados Unidos, Inglaterra, México e Paraguai, do Brasil o destaque ficou para a renomada Lia Diskin- São Paulo , que participou da Abertura do evento no Teatro Coliseu.
Tivemos participando desta iniciativa,  o Ex-Diretor da UNESCO, o neurocientista David Adams, americano que foi o responsável pela Década da Paz, uma das diretrizes implementadas pela UNESCO,  no ano de 2000-2010.
Em março de 2010, David Adams, retornou ao Brasil e entregamos na presença de mais de 500 pessoas, no Auditório da UNISANTOS, à solicitação da Criação de um Conselho de Paz, na cidade de Santos,  ao então Vereador Arlindo Barros, o qual encaminhou ao Executivo, mas que não houve aceitação.
De lá para cá, a entidade realizou alguns trabalhos voltados para a Cultura de Paz e Não Violência, como o projeto Paz na Ponta do Giz, na Escola Pedro Crescenti e na área do Mercado Municipal de Santos além de dar continuidade à criação de Festivais Nacionais e Internacionais de Folclore com o foco voltado para a Cultura de Paz e Não Violência.
Responsável no Brasil,  pela elaboração do Relatório Mundial da Década da Paz, a ONG participou junto à renomadas organizações espalhadas pelo mundo,  da coleta e elaboração de informações  da Sociedade Civil  e das  ações realizadas. Em setembro de 2010, o relatório foi entregue na ONU, colaborando com informações relevantes acerca do trabalho que vem sendo realizado pelo mundo.
Mas o trabalho da entidade não parou aí, articulações e ações concretas fizeram parte do trabalho desenvolvido.
Na semana de 02 a 08 de dezembro, em Agrestina-Pernambuco, um grupo de jovens se reuniu, para colocar em práticas algumas ações pela Cultura de Paz e Não Violência, voltadas para a cultura , ideia esta que surgiu do trabalho realizado pelos jovens voluntários da ABrasOFFA e que faz parte do  Projeto Jovens pela Cultura da Paz.
No dia 12 de dezembro, após algumas tratativas, foi  assinado pelo Prefeito Municipal de Santos, o Ato de criação de um Conselho pela Paz, iniciativa da ABrasOFFA e que contou com o apoio do Dr. Eustazio Pereira - Vice-Prefeito de Santos, do Secretário da Cidadania Marcelo Del Bosco , na presença do Ex-Ministro do Brasil, Dr. José Gregori.
Com esta iniciativa a entidade, vê concretizada um dos seus maiores esforços para  que  ações concretas , sejam viabilizadas pelo Poder Público e à  Sociedade Civil Organizada e que o bem comum, a Paz seja trabalhada efetivamente em conjunto.

Convite em 2010



FOTOS DO EVENTO:



 


LINKS DA IMPRENSA:


David Adams

Dr. David Adams é o coordenador da Cultura de Paz News Network . Aposentou-se em 2001 pela UNESCO, onde ele era o Diretor da Unidade para o Ano Internacional da Cultura de Paz, proclamado para o Ano de 2000 pela Assembleia Geral das Nações Unidas. Depois de uma carreira como Professor de Psicologia há 23 anos na Wesleyan University (Connecticut, EUA), ele tinha chegado a UNESCO, em 1992, para desenvolver a cultura do Programa de Paz como um complemento e alternativa para operações de manutenção da paz militares. Suas responsabilidades incluem o desenvolvimento da cultura nacional dos projetos de paz, de pesquisa e desenvolvimento da cultura do conceito de paz e formação na construção da paz e resolução de conflitos. Em nome da UNESCO preparou documentos da ONU, incluindo o projeto de Declaração e Programa de Ação sobre uma Cultura de Paz (1999). Enquanto na Universidade de Wesleyan, e anteriormente na Universidade de Yale, ele era um especialista sobre os mecanismos cerebrais de comportamento agressivo, a evolução da guerra, e da psicologia dos ativistas da paz, e ele ajudou a desenvolver e divulgar a Declaração de Sevilha sobre a Violência. Ele é o autor de vários livros e inúmeras publicações em neurofisiologia, fisiologia cardiovascular, genética, etologia, biopsychology, psicologia social, antropologia cultural, história e ética. Alguns destes estudos têm ajudado a estabelecer a base científica para o trabalho no sentido de uma cultura de paz. Para a lista completa ver o seu curriculum vitae .

Este site apresenta alguns dos papéis principais de sua pesquisa, bem como os seus livros mais recentes, uma trilogia publicada em 2009: A História da Cultura de Guerra Paz Mundial através da Câmara Municipal eu vi a Terra Prometida


Nenhum comentário:

Postar um comentário